Crianças, adolescentes, educação e direitos



"Estamos às vésperas de uma eleição que coloca o País diante da escolha entre o retorno ao totalitarismo, com base numa escalada fascista e autoritária em nome de um falso combate à corrupção, que na verdade é um combate aos direitos dos trabalhadores e às políticas de inclusão social, ou diante da continuidade do processo democrático, e de enfrentamento às desigualdades sociais, garantindo direitos aos setores mais aviltados e excluídos de direitos ao longo da história, como os negros, mulheres, crianças e jovens, LGBTs, idosos, pessoas com deficiência, indígenas, entre outros."

http://www.cartaeducacao.com.br/artigo/eca-sim-fascismo-nao-ele-nao/?utm_campaign=news_10102018&utm_medium=email&utm_source=RD+Station&fbclid=IwAR3NmwvG84VSvCG7FaMjT_iNVQXQcQ4heQi5ciHk6zRdO92Lwd5CJ5n9JcQ

Compartilhe essa Notícia:

no Facebookno Twitterno Google+